Os mecanismos de segurança para proteger os dados e a identidade dos usuários não são mais itens opcionais. Toda empresa deve ficar atenta às novas leis de proteção de dados que estão se tornando cada vez mais conhecidas e rígidas.

Além disso, a segurança é percebida pelos usuários, por meio do requisito mínimo que deve ser implantado, que é o certificado SSL. Pois, já a algum tempo, os navegadores imprimem mensagem de site inseguro para os usuários, o que pode causar certo desconforto para os visitantes do seu site.

No entanto, há mais itens de segurança que podem proteger ainda mais sites criados em WordPress, que representa perto de 35% dos sites da internet. Vamos a eles:

Certificado SSL

O primeiro item a ser verificado é quanto a encritografia de dados. Se o seu site ainda não possui um certificado digital, é melhor providenciar a instalação dele o quanto antes.

Os navegadores estão informando aos usuários sobre sites que não possuem criptografia de dados, o famoso https, que fica verde no navegador.

Se o seu site ainda não tem um certificado digital, saiba que, além de “assustar” o usuário, ainda poderá sofrer penalidades dos buscadores.

Você, certamente não quer que isso aconteça, correto?

Endereço da área administrativa

A maioria dos sites, especialmente os institucionais, são desenvolvidos na plataforma WordPress. E, apesar do cuidado dos desenvolvedores em relação à correção de defeitos, ainda assim, há vulnerabilidades que são simples de solucionar.

A primeira delas é em relação ao endereço da área administrativa, que fica neste caminho: https://nomedoseusite.com.br/admin/.

Por ser um endereço conhecido por uma grande quantidade de pessoas técnicas, seu site está suscetível a ataques.

A boa notícia é que é muito simples camuflar esse endereço para um caminho de URL que só você ou a sua equipe conheçam.

Então, se a área administrativa do seu site está respondendo no /admin/, sugiro fazer essa alteração.

Prefixo do banco de dados

Assim como o caminho da área administrativa do WordPress é de conhecimento público, isso também acontece com o prefixo do banco de dados.

O banco de dados é o coração do site em WordPress. É nele que todas as informações críticas ficam guardadas.

Por isso, é impontante dificultar ao máximo qualquer risco de ataque para garantir a segurança do seu site e, também, dos usuários que nele se cadastram.

Então, alterar o prefixo do banco de cados do WordPress, é uma prática recomendada.

Aprofunde o seu conhecimento sobre o assunto e assista gratuitamente sobre como corrigir 5 problemas críticos que impedem o seu site de gerar resultados.

Isso o deixou preocupado? Então saiba como resolver agora!